Livro: A última Chance.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014
 Livro: A última Chance
Paginas: 334
Editora: Verus
Autora: Karen Kingsbury
*cedido pela editora para resenha*
Sinopse: Ellie tem quinze anos e um melhor amigo e amor chamado Nolan. Um dia antes de Ellie se mudar para o outro lado do país com o pai, ela e Nolan escrevem cartas um para o outro e as enterram debaixo de um velho carvalho. O plano é se reencontrar no mesmo lugar dali a onze anos para ler o que cada um escreveu apenas para o improvável caso de eles perderem contato. Agora, conforme a data se aproxima, muita coisa mudou. Ellie abandonou sua fé e luta para criar a filha sozinha. Na correria do dia a dia, ela sempre encontra tempo para ver na TV seu antigo amigo Nolan, hoje um famoso jogador profissional de basquete, cuja fé em Deus é conhecida pela nação inteira. O que poucos sabem é que as perdas que ele sofreu na vida pesam em sua alma. Mesmo com toda fama e sucesso, Nolan se sente sozinho, assombrado pelo vazio que domina seu coração desde que sua melhor amiga foi embora. Tanto para a desiludida Ellie quanto para o intenso Nolan, o reencontro é mais do que uma promessa de adolescência é a última chance de descobrir se é tarde demais para se entregar ao amor. Em A última chance, Karen Kingsbury nos brinda com uma história sobre perdas dolorosas, o poder da fé e as feridas que somente o amor pode curar.

Oi meus amores como estão? Hoje vim conversar com vocês sobre um livro que me decepcionou um pouco. Raramente me decepciono com livros, sempre tenho a sorte de pegar aqueles que vão ficar em meu coração - não que este não vá ficar, porém pensei uma coisa e foi outra totalmente diferente. Bem vamos lá

Como mencionado na sinopse A Última Chance retrata a estória de Ellie e Nolan, dois jovens apaixonados que são separados devido aos atos dos pais de Ellie. Em um forma de amor e desespero Nolan tem a ideia de escreverem cartas e enterra-las e só depois de onze anos abri-las. Para ele aquilo ela só algo a mais, caso eles não se vissem mais ou não tivessem contato, mesmo ele crendo que manteria contato com Ellie e se casaria com ela.
Mas isso não ocorreu. Simplesmente ambos tomaram rumos muito diferentes, em aspectos de vida e de Deus, Ellie não acredita mais, devido todos os tristes acontecimentos e Nolan tem sua fé intacta. Ao longo do livro o surgimento de Deus é frequente.

Quando você lê que eles fizeram cartas e enterraram você imagina " nossa eles vão se reencontrar e blabla" MAAAAAAAAAAAAAAAAS! O LIVRO TODO basicamente é voltando a coisas não exatamente relacionadas a Ellie e Nolan. 
O livro possui muitos pensamentos, de vários personagens, que sim dão liga aos sentimentos dos dois, porém não traz o principal que é os dois! Somente nos dois últimos capítulos notei a presença realmente dos sentimentos que envolviam os dois. 
O livro em si te prende claro, faz você querer saber mais, porém ele não me prendeu somente por isso, me prendeu porque eu sempre pensava " é agora que vai começar as coisas dos dois" e dai passava mais um capitulo cujo era pensamentos aleatórios.
Não digo que a intenção da autora foi ruim de coloca-los ali, mas acho que ela deveria ter colocado mais ativamente Nolan e Ellie no livro.
Fora isso um aspecto marcante foi Deus, ela faz menção a ele o livro, nos aspectos diferentes, ou seja, como cada pessoa vê Deus ou acredita nele.
Acho que faltou neste livro mais impeto aos sentimentos de Ellie e Nolan juntos, colocar eles antes juntos e ter tido um conteúdo maior deles e de seus sentimentos em conjunto

Bem espero que vocês tenham gostado. E até a próxima, beijinhos



2 comentários

  1. OiOi Camila :D
    Quando vi a capa do livro e a sinopse achei que ia ser uma leitura emocionante, porém que pena que tu se decepcionou. A estratégia da autora deixou o livro sem graça por não trazer os protagonistas ao seu devido lugar, que pena.
    Curti a tua sinceridade.

    Beijos!
    @pirulitolimao | http://agarotadalivrariia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lola, tudo bem ?
      Primeiramente fico feliz que tenha gostado da minha sinceridade, o intuito das minhas resenhas sempre é passar uma opinião sincera, mesmo que esta não seja de total agrado.
      Segundo eu fiquei que nem você quando eu li a sinopse, pensei " nossa vai ser um romance bem intenso" pois eu já sabia da existência de Deus no livro mas pensei que iria entrelaçar isso ao romance. Quando percebe que a autora se focou mais nos pensamentos de todo mundo, menos nos dois em si fiquei muito chateada, mesmo entendendo onde ela quis chegar. Infelizmente esperei muito pra pouco k
      Obrigada por vir comentar, Um beijo carinhoso <3

      Excluir