Livro: Austenlândia

sábado, 28 de junho de 2014
Livro: Austenlândia
Paginas: 238
Editora: Record
Autora: Shannon Hale

Sinopse: Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD. Porém, esses não são os planos que sua rica e velha tia-avó Carolyn, tem para a moça. A única a descobrir o segredo de Jane deixa, em seu testamento, férias pagas para a sobrinha-neta na Austenlândia. A ideia é que Jane tenha uma legítima experiência como uma dama no início do século XX e consiga se livrar de uma vez por todas de sua obsessão. Contudo, para isso, ela terá que abrir mão do celular, da internet e até do uso de sutiãs em troca de tardes de leitura, espartilhos e... a companhia de belos cavalheiros.

Ahaaaa! Olha quem apareceu mais uma vez e NO MESMO DIA! Glorificaa minha gente!
Bora fala de resenha de novo ? Dessa vez vim falar desse livro que superou minhas expectativas e me fez querer viver todo o cenário da nossa linda Jane! Vamos viajar no mundo da Austenlândia entender os amores de uma mulher!



" Bem gente, antes de tudo aquele pequeno conto que faço.
Jane tem cerca de 33 anos de idade e esta solteirona. Não porque ela quer, ou porque os homens não a acham bonita, mas sim porque ela os manda cata coquinho! Sabem porque ? 
Tudo por causa do Sr sexy Darci de Orgulho e Preconceito. Não entenderam? Vamos explicar melhor.
Como dito na sinopse, Jane é apaixonada por Austen e em especial pela estória envolvente de Orgulho e Preconceito (que tem tanto em livro quanto em filme). E esse amor começou a brotar a partir dos seus ex-namorados. 
Só que ela levou longe mais!! Sua avaliação era sempre colocada entre Namorado x Sr Darcy, e adivinha só quem ganhava? 
Só que Jane não contava com uma pessoa esperta o bastante para perceber que Jane precisava se encontrar, e encontrar a mulher que é. Estou falando da sua tia-avó Carolyn, tal deixou para ela em seu testamento uma passagem de três semanas com tudo pago para um lugarzinho chamado Austenlândia, la ela viveria seu conto e por fim entenderia o que realmente vale para ela. 
No começo Jane não queria aceitar, mas achou que aceitando conseguiria dizer adeus ao Sr Darcy e a todos os homens da face da terra. Coitada, ela mal sabia que a atuação e a realidade daquele lugar a fariam perceber que finalmente ela encontrou um Sr Darcy, meio torto e nada convencional. Porém até la sera que ela vai conseguir descobrir o que é real ou não ?"

Bem gente tenho que dizer para vocês que esse livro me surpreendeu!

No começo eu fiquei com receio de pega-lo, achei que não iria gostar da estória, do contexto dela. Mas não é que me apaixonei?
O livro tem um contexto muito gostoso e fácil entendimento (Quando falo fácil, é porque a escrita não exige que você fique vidrada sem piscar kk). Além de mostrar alguns pontos bem bacanas da vida de Jane.
Primeiro de tudo é notarmos seu amor pelo Sr Darcy e a complexa confusão que ela faz entre um personagem e uma pessoa real. Acho que em Austenlândia ela conseguiu perceber essa confusão, e quando aceitou de bom grado que Sr Darcy é aquele que é perfeito para ela, foi neste momento que ela conseguiu entender a si propria.

Outro ponto também bacana, foi nos capítulos. Cada começo de capítulo contem a história de algum namorado dela. E isso me fez pensar nos meus namoricos da vida kk.

Achei bacana a autora introduzir isso como um meio de nos fazer entender a distinção que ela fazia sobre Darcy e os namorados.

Um ponto em questão a ser dito também foi a distinção de sentimentos que ela tinha sobre dois homens. Por  mais que ela soube-se ou achava que era tudo teatral, ela não conseguiu deixar o seu eu apaixonado de lado, e ela acaba se envolvendo de uma forma muito cortez, com dois rapazes!!!


E é ai que entra a minha surpresa, e tenho certeza que quem leu também ficou. O livro inteiro se direcionou a entender que um dos homens era o perfeito para ela, que ele era o cara que estava além do teatro ali envolvido. Porém quando chega no final a bomba estoura! 

E meninas!!!!!!!!!! Achei fantastico o final, a surpresa que tive ao ler e perceber o verdadeiro Sr Darcy, estava ali presente ao tempo todo. 
(Claro que não posso deixar de concretizar a minha pena em relação a um dos rapazes, porque eu gostava muito dele, me dava cocegas só de pensar k... Mas no final ele se mostrou um canalha) kk


ps: Raramente posto foto da parte de traz dos livros, mas essa é lindinha de mais né?



Bem, como disse,o livro em si se mostrou surpreendente, e me fez assimilar com a escrita de Anna e o Beijo Frances. Gostoso, leve, prático, e grudento k
E claro que este livro me deixou um conceito bem bacana. " O de nunca esquecer que mesmo em um mundo cheio de tensão, até o amor imaginário pode se tornar real, mesmo ele sendo do avesso k"


E é isso amorecos, espero que vocês tenham gostado. Finalmente consegui postar duas resenhas para você seguidas, e oremos para continuar assim.


Não esqueçam de curtir, comentar, como sempre tudo isso é bem-vindo !!!

Um forte abraço e mil beijos

Nenhum comentário

Postar um comentário