Livro: O Mundo das Sombras

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014
Livro: Mundo das Sombras (Vampiro Secreto)
Paginas: 221
Editora: Galera
Autora: L.J Smith
Sinopse: Poppy foi diagnosticada com câncer terminal até que James, seu amigo e por quem é apaixonada, lhe oferece uma maneira de evitar a morte: a vida eterna. James está disposto a infringir as regras do Mundo das Sombras por amor, mas conhece as leis - se alguém do Mundo das Sombras se apaixonar por um humano deve ser punido com a morte. L. J. Smith é autora da série Diários do Vampiro, com mais de 700.000 exemplares vendidos no país. A série Mundo das Sombras esteve por semanas entre as mais vendidas do New York Times.



Oi queridos tudo bem com vocês? Hoje vim fazer uma resenha bem gostosinha, sobre o livro da autora de Diarios do Vampiro, chamado O Mundo das Sombras. Bem dessa vez a resenha sera mais ou menos diferente. Ou seja, vou comentar um pouco sobre a historia, falar um pouco dela para depois analisar o livro e contexto em si. Vamos lá


Bem gente primeiramente, vou explicar um pouquinho da historia para vocês:
"Poppy é uma menina super animada, ama a vida, porem ao longo de um tempo ela anda tendo muitas dores, só que nunca tinha ido ver o que realmente era. Até que em seu primeiro dia de ferias ela sente uma dor muito forte, e que chega a desmaiar e sua mãe resolve leva-la ao medico. La ela descobre que tem câncer, e esta em estagio avançado, e não pode ser retirado. Ela tinha meses ou até semanas de vida. 
- ai entra a explicação de quem é James- 
James é um amigo de infância de Poppy, porem mesmo sendo tão amigos e um confiar eternamente no outro, ele esconde um segredo dela, um segredo que nenhum humano pode saber. Mas ao descobrir e presenciar a dor de Poppy pelo câncer, ele acaba quebrando as regras do mundo dele- O mundo das Sombras- e acaba contanto a Poppy o que realmente ele é, um vampiro. Mas não um vampiro que foi criado, ele nasceu assim e possui coisas que um vampiro criado não possui, como por exemplo, o poder de decidir quando envelhecer. 
E é nessa história doida, que Poppy acaba aceitando virar uma vampira. E ai só vocês lendo para descobrirem. (risadinhas)


Bem gente, eu falei um pouquinho só sobre o livro, porque assim vocês pegam para ler não é mesmo?
Primeiramente quero dizer, que dei quatro corações, pelo fato que achei o livro com um contexto um tanto fraco. Pelo que conheço da autora e a adoro, achei que faltou elementos nesse livro, como enrolar mais para descobrir as coisas, é um livro curto mas que acho que daria para aproveitar bem.
Por exemplo, na parte em que a Poppy descobre sobre a doença e em seguida que James é um vampiro, isso praticamente foi no começo do livro, e tirando que o James ja de cara demonstrava quem era, nem foi preciso esforço para descobrir. -Coisa que por sua vez, achei que deveria ter demorado mais, dar um "ar" de suspense, de drama, para depois vir a bomba e o que fazer em relação a Poppy.
Outra coisa, sei que tem uma sequência esse livro, mas acho que ele termino de um jeito bem fraco também. Esperava que ela deixa-se algo meio que perdido no livro para que no segundo a gente querê-se ainda mais o outro e saber a história do outro.
Fora essas criticas, o livro é "grudante" ou seja, por mais que a história já se exploda no começo, ele não deixa você para de ler, você quer saber como vai terminar e gostei muito disso.
Outra coisa que gostei, foi o significado diferente que ela deu para vampiros, colocou um pouco de bruxos (apesar de que muito por cima)
Espero que o segundo livro traga mais conteúdo, se desenrole mais, e as coisas demorem um pouquinho mais a acontecer, assim da para fazer pensar " sera que vai acontecer isso" " sera que vai ser ele que vai faze aquilo". Foi o que realmente senti falta nesse livro, pensar no que pode e quem pode fazer.

Bem espero que vocês tenham gostado da resenha. E do novo estilo que adorei, e se leu ou tem interesse em ler, comenta. Beijos

Nenhum comentário

Postar um comentário