Livro: A Casa das Orquídeas

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014
Livro: A Casa das Orquídeas
Paginas: 560
Editora: Novo Conceito
Autora: Lucinda Riley

Sinopse: Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da  propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações. Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park.. E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.

Oi queridos como vocês estão? Primeiramente, quero pedir desculpas por essa demora a postar. Eu ainda estou de viagem e onde estou não tem internet, então por isso é muito difícil postar. Hoje estou postando devido a internet que estou utilizando do celular, que por sinal é muito lerda (kk).
Enfim essa resenha já foi feita a algum tempo, por isso esta curta, porque mudei muito meu padrão de resenha, mas espero que entendam e que gostem.



Sinceramente quando fui a livraria no dia em que comprei esse livro, não esperava achar um livro tão emocionante. No começo você começa ler e já acha que vai ser mais um daqueles livros cansativos, onde vai enrolar a história, mas no final você descobre um mundo totalmente diferente.
Ao ler A Casa das Orquídeas, sonhei com tempos antigos da época de 1945 em diante e os trouxe para os dias atuais. Imaginei como seria a Wharton Park, cada flor, cada perfume, e imaginei por incrível que pareça como seria na vida real uma Júlia. Seu modo físico, suas perdas, suas conquistas novas, e como seria se a história de Harry e Olivia fosse diferente. Realmente esse livro me emocionou e me encantou muito, vi lados positivos e me fez refletir sobre tudo em minha vida. Acho que vale muito apena para os leitores de plantão, comprarem esse livro. 

Esse livro nos faz pensar em quantos amores perdidos houve na Segunda Guerra Mundial, em quantos corações machucados como o de Olivia e Harry. E em quantas tristezas o mundo de hoje ainda nos pode dar, mas ao olhar uma flor e sentir seu cheiro nos fazem entender que o dia de amanha vira e talvez melhor.

Entre tudo isso, quero ainda colocar que A Casa das Orquídeas se transformou em um livro onde mostra uma fração do que foi para aqueles quer realmente amavam, que tinham uma família. Por mais que mostrasse um lado da historia, a autora acabou colocando, mesmo que sendo pouco a vida de todos aqueles que lutaram na Segunda Guerra Mundial. Creio eu que apesar do livro ter uma quantidade de paginas grande, é muito fácil de ler e de se apaixonar e como eu (kk) chorar um pouco. Vale muito muito apena realmente se você é fã dessas histórias.
Ah e logo vira a resenha do segundo livro que estou lendo dela que se chama  A Luz Através da Janela, o livro tem o mesmo contexto de A Casa das Orquídeas. 

2 comentários

  1. Eu não sou exatamente fã de livros românticos, e não lembro exatamente porque escolhi ele quando o comprei... Mas foi com certeza um dos melhores livros que já li. É impossível não se apaixonar; é tudo tão bem narrado, e tão bem desenhado. Eu, que gosto mais de suspense e essas coisas, quis viver essa trama. É incrível.

    Beijos, Luu
    http://degradeinvisivel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luu...
      O livro contem um contexto bem diferente do que normalmente leio também. Mas fiquei loucamente apaixonada em ver essa historia, em perceber e tentar ver o que pode ter ocorrido realmente nessa época. É uma história realmente incrível mesmo e maravilhosa.
      Obrigada por ter comentado, beijão

      Excluir